terça-feira, 12 de dezembro de 2017

O Mustang continua Encantando Gerações

Com 53 anos de História, o Mustang ainda é um carro muito desejado por várias gerações. E até mesmo Eric Kripke, criador de Supernatural, pensou num Mustang para ser o "terceiro irmão Winchester", mas acabou escolhendo o Impala 67 para alegria do fandom mundial.
 

Um carro tão icônico como o Mustang possui uma História bastante interessante e  foi graças aos grandes filmes em que ele apareceu ajudou sua popularização. Eu não entendo de motores ou carros em geral, entretanto, sei apreciar a beleza de cada um. Mesmo gostando dos modelos mais antigos, afinal sou uma Historiadora, alguns carros são extremamente arrojados e por que não dizer bonitos?
"Em dezessete de abril de 1964, o Ford Mustang era apresentado ao público no Salão Internacional de Nova York. Lee Iacocca, vice-presidente da Ford Motor Company e gerente da divisão Ford, festejava. Ele encomendou um carro compacto de aspecto esportivo e jovem, que gerou o conceito dos pony-cars.

O primeiro protótipo apareceu em 1962, desenhado por Joe Oros. O modelo lançado dois anos depois tinha quatro lugares, capô longo, teto baixo, traseira curta, câmbio no assoalho, mais de 4,5 metros de comprimento e custava menos de 2.500 dólares. No final de 1964 já haviam sido vendidos 250.000 exemplares, sendo 22.000 encomendados já no primeiro dia!

Eram três tipos de carroceria: cupê, conversível e, no final de 1964, o fastback. Dois anos depois a casa de 1 milhão era ultrapassada. Os Mustangs estavam em todos os lugares: em ralis (Monte Carlo, 1965), nos lugares chiques da moda, nas telas de filmes famosos e nas pistas, graças a Carrol Shelby."

 1. 007 Contra Goldfinger(1964) 

Apenas 8 meses depois do seu lançamento, na Feira Mundial de Nova York de 1964, um modelo conversível branco foi usado pela bela assassina que perseguiu James Bond em Goldfinger.

2. Bullitt (1968)

Em 1968 o Mustang já era um ícone nas ruas, mas Steve McQueen o transformou em um astro do cinema com personalidade própria, naquela que é considerada a melhor perseguição de carros já filmada: o clímax final de 9 minutos de Bullitt, com um modelo GT verde.
3. 007, Os Diamantes são Eternos (1971)

Quando se viu encurralado num beco sem saída pela polícia de Las Vegas, James Bond realizou uma das manobras mais arriscadas do cinema e inclinou seu Mustang Mach 1 em duas rodas, passando por um caminho de pedestres, provando para o mundo, e para o próprio 007, a potência do modelo.
4. 60 Segundos (2000)

A refilmagem de 60 Segundos, no ano 2.000, produziu outro clássico, um Mustang Eleanor 1967 prata e preto, dirigido por Nicolas Cage.Um Mustang Shelby GT500 é o único Mustang da história a ter o seu nome incluído como astro nos créditos de um filme.
5. Eu Sou a Lenda (2007)

Em 2007, Will Smith foi o protagonista de Eu Sou a Lenda, filme pós-apocalíptico em que usa seu Mustang Shelby GT500 para encontrar a cura de um mal que dizimou a raça humana."(Jornal A Gazeta)





segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Múmia é Encontrada em Luxor/Egito

A Civilização Egípcia continua surpreendendo a humanidade com novas descobertas. E desta vez a boa notícia vem de Luxor/Egito. Quanto mais se escava o Egito, menos se sabe sobre o mesmo; enquanto isso os livros didáticos precisam ser refeitos a cada novo achado.

"Arqueólogos egípcios descobriram uma múmia enterrada em um túmulo ainda não explorado em Luxor, às margens do rio Nilo – informou o Ministério das Antiguidades neste sábado (9/12).

A arqueóloga alemã Frederica Kampp encontrou essa tumba e outra adjacente na década de 1990, mas não chegou a entrar nas jazidas, explicou o Ministério.

As duas tumbas foram registradas com números por Kampp e datam, possivelmente, da época do Novo Reino, há cerca de 3.000 anos.

Desde a descoberta de Kampp, “ambas as tumbas haviam permanecido intactas” até a missão arqueológica iniciar seus trabalhos.

O ministro de Antiguidades, Khaled al-Enany, foi a Luxor anunciar a descoberta na necrópole de Draa Abul Nagaa, perto do conhecido Vale dos Reis, onde foram enterrados muitos faraós. Entre eles, está Tutankamon.

Al-Enany relatou que, além dos objetos funerários, os arqueólogos encontraram “uma múmia envolvida em linho”. Análises preliminares apontam para “um funcionário de alto escalão, ou uma pessoa poderosa”.

O túmulo pode pertencer a “uma pessoa conhecida como Djehuty Mes, cujo nome aparece em um dos muros”, ou “ao escriba Maati, já que seu nome e o nome de sua esposa, Mehi, estão inscritos em 50 cones funerários encontrados na câmara retangular da tumba”.(Isto é)

domingo, 10 de dezembro de 2017

Keanu Reeves - Uma Inspiração

Desde o dia 1º que chove torrencialmente em Cuiabá, aliás nossa primavera-verão é regada a muita chuva e tempo frio, e o domingo já amanheceu chovendo. A rotina do domingo já está em andamento ou seja, já li o jornal, tomei meu chocolate e a boa música da Centro América FM tocando. 

Hoje, irei postar sobre um ator que todos adoram: Keanu Reeves, nosso eterno Neo. Eta trilogia maravilhosa e educadora. E pensar que tem gente que não consegue "ver" a filosofia pura nele, bem essa é outra história.

"O ator Keanu Reeves conquistou sucesso internacional com o filme “Velocidade Máxima”, mas o papel pelo qual mais é lembrado é como Neo na trilogia “Matrix”. No mundo das HQ’s, ele deu vida a John Constantine de “Hellblazer”, também foi Sidarta no filme “O Pequeno Buda” e contracenou com Al Pacino em “Advogado do Diabo”. Além de seu nome de batismo ter sido dado em homenagem a um tio bisavô e ter significado poético (algo como “brisa fresca sobre as montanhas" ou, do havaiano, “frescor” ou “serenidade”), descubra outras curiosidades inspiradoras sobre sua vida.

1. Múltiplas ascendências
 

O ator Keanu Charles Reeves nasceu no Líbano, mas morou parte de sua infância no Canadá. Tem múltiplas ascendências, inclusive, é descendente de portugueses, chineses, irlandeses e havaianos (por parte de pai e mãe). Ele nasceu dia 2 de setembro de 1964 em Beirute, sua mãe Patricia era uma figurinista inglesa e seu pai Samuel nasceu no Havaí. Sua avó é chinesa e havaiana, então ele cresceu aprendendo muito sobre a cultura chinesa, a arte, os móveis e a comida.

 2. Infância difícil
 

Ele morou no Líbano até os seis meses de idade, na Austrália até os três anos, nos Estados Unidos até o seis e no Canadá até os 21. O início da sua infância foi difícil, já que o pai foi preso quando ele tinha em torno de 12 anos por tráfico de drogas e há sites que dizem que sua mãe se tornara stripper. Quando a família libanesa se mudou para o Canadá, ele teve vários padrastos.


3. Aptidão para esporte
 

Como todo bom canadense, Keanu era fã de hóquei no gelo, além de excelente jogador e goleiro. Seu sonho era jogar no time nacional e competir nas Olimpíadas. No fim, o hóquei no gelo acabou se tornando somente um hobby.

 4. Paternidade interrompida
 

Em 1999, fruto de um relacionamento com Jennifer Syme, Keanu anunciou que seria pai. Apesar da gravidez, o casal decidiu não se casar, mas Keanu comprou uma casa para a atriz em Los Angeles e acompanhou sua gravidez de perto. Próximo ao nascimento do bebê, descobriram em um ultrassom que a menina, cujo nome escolhido foi Ava, havia morrido no ventre de Jennifer. No dia 24 de Dezembro de 1999, em um parto induzido acompanhado por Keanu, o bebê foi retirado e então enterrado no cemitério de Los Angeles.

 5. Perda da ex
 

Dezoito meses depois da morte do bebê, a ex-namorada de Keanu morreu em um acidente de carro quando voltava de uma festa do Marilyn Manson. Na época, o ator estava prestes a iniciar as gravações do segundo Matrix, em abril de 2001. Os dois, apesar de não estarem mais namorando após a morte de Ava, eram próximos. Alguns especulam, embora sem nenhuma confirmação, que o casal tentava uma reconciliação pouco antes do acidente.

6. Talento musical
 

Keanu era o baixista da banda de grunge Dogstar. Durante 11 anos de banda, eles lançaram dois álbuns. Em 1995, eles abriram o show do Bon Jovi na Austrália e na Nova Zelândia. Além disso, a Dogstar já abriu apresentações de David Bowie, Rancid e Weezer. A banda não se apresenta desde 2002, mas eles se reúnem em estúdios para tocar de vez em quando.


7. Dificuldade transformada em potencialidade
 

O ator sofre de dislexia. Segundo alguns sites, ele sempre batalhou para superar a dificuldade e, por isso, um dos hábitos mais saudáveis que adora é ler. Apaixonado por poesias, em 2011, ele lançou o livro “Ode à Felicidade”.

 8. Filantropo
 

No ano seguinte à morte de Jennifer, sua irmã mais nova Kim, que passou mais de dez anos lutando contra um tipo agressivo de leucemia e estava em remissão há alguns anos, voltou a apresentar sintomas da doença. Ela se recuperou e Keanu doou cerca de 70% do que ganhou com a trilogia Matrix (US$ 182 milhões) para entidades e hospitais que tratam da doença. Ele também tem uma fundação para financiar pesquisas do câncer e hospitais de câncer. Além disso, ele apoia o PETA, Fundação SickKids, Stand Up To Cancer, entre outras.


“O dinheiro não significa nada para mim. Eu fiz muito dinheiro, mas eu quero curtir a vida e não me estressar construindo minha conta bancária. Nós todos sabemos que uma boa saúde é muito mais importante”.(https://www.vix.com/)

sábado, 9 de dezembro de 2017

Os Outros, o Filme

O sábado amanheceu chovendo e deixa  a primavera com cara de outono. Lá fora, os pássaros estão cantando e um vento suave balança as folhas das árvores. E nada como um filme de suspense para aproveitar à tarde e o clima... Vamos preparar a pipoca e curtir Os Outros, cujo final é bastante surpreendente.

" Os Outros surpreendeu muita gente e tornou-se um pequeno sucesso em 2001, assustando milhões de pessoas ao redor do mundo.

Os Outros é um ótimo exercício de suspense, proporcionado pelo competente diretor espanhol Alejandro Amenábar, que tinha, anteriormente em seu nome, o ótimo Abre los ojos, de 1997, que Tom Cruise resolveu levar para os Estados Unidos na forma de remake quatro anos mais tarde, com Vanilla Sky (e Os Outros foi produzido por Cruise, de certa forma, como retribuição ao remake). Com apenas um grande nome em seu elenco – Nicole Kidman – o filme possui alguns momentos de fazer gelar a espinha, literalmente falando. 

Obviamente isso pode acontecer dependendo do quão impressionável é seu espectador, mas o sucesso comercial de um filme tão pequeno demonstra que muitos concordam com essa afirmação. O público gosta de ser assustado, pelo menos no conformo do sofá ou do cinema, e para a grande maioria dele, que certamente já estava cansado dos slashers da vida (filmes de assassinos em série).

 O clima do filme é o que faz dele algo tão especial. É um dos raros trabalhos que conseguem envolver o espectador apenas com seu visual, e a cada minuto que passa fica mais difícil se desvencilhar da curiosidade e de não sentir o mesmo medo que os personagens sentem. É um filme sobre uma mansão mal-assombrada em um local isolado (adoro esse tema, mas há tão poucos filmes bons com ele). Grace (Nicole Kidman) mora lá com seus dois filhos, que possuem uma doença e não podem serem expostos à luz solar. Todos os lugares da mansão são, portanto, mergulhados na escuridão total, mesmo de dia, através do uso de pesadas cortinas. A sensação é de uma noite infinita, pelo menos para as duas crianças que não podem sair de casa de dia."(www.cineplayers.com)

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Heróis Negros nas HQs 2

E hoje é feriado, dia de Nossa Senhora da Conceição. Depois da meditação e agradecimentos, nada mais interessante que continuar conhecendo um pouco mais sobre os heróis negros das HQs. Um verdadeiro fã de super heróis deve ler HQs, ou não pode ser considerado um fã.
"1. John Stewart(Lanterna Verde)

John Stewart fez história na DC Comics por ser o primeiro super-herói afro-americano da editora. Criado em 1971 por Dennis O’Neal e Neal Adams, John Stewart é um veterano da Marinha dos Estados Unidos e um arquiteto que serviu como substituto de Hal Jordan na Tropa dos Lanternas Verdes.

Stewart viria a tornar-se um Lanterna Verde a tempo inteiro nos anos 80 e para muitos é considerado o melhor nesse cargo, graças às várias séries animadas em que ele foi representado. O anel do Lanterna Verde dá o poder ao seu usuário de criar o que quiser, voar e uma invulnerabilidade quase total.

O super-herói dedicou sua vida a combater as injustiças em todo cosmos e se tornou o primeiro humano Guardião do Universo, uma raça de imortais que fundou a Tropa dos Lanternas Verdes.
2. Falcão

A primeira aparição de Falcão aconteceu em setembro de 1969 e foi o primeiro super-herói afro-americano dos quadrinhos. Além dessa estreia, foi também a primeira vez que um super-herói negro não tinha a palavra “negro” no seu título.

Seu uniforme cibernético e suas asas foram construídos pelo Pantera Negra, dando ao herói a capacidade de voar, resistência a pequenas armas de fogo e ver coisas através de infravermelhos. Sam Wilson tem uma amizade lendária com Steve Rogers, sendo um aliado vital no espaço aéreo que o Capitão América não alcança. Em uma época de grandes dificuldades para Rogers, foi Falcão quem o substituiu no papel de Capitão América.

Sam Wilson tem uma ligação telepática com Asa Vermelho, o seu falcão treinado, e consegue ver através dos seus olhos. Treinado por Steve Rogers, Falcão é um guerreiro de excelência com os sentidos aguçados que provaram ser valiosos quando se tornou um Vingador.
3. Raio Negro

O super-herói da DC Comics foi criado em 1977 por Tony Isabella e Trevor Von Eeden e fez história ao tornar-se o primeiro super-herói afro-americano a ter a sua própria HQ solo. Raio Negro tem o poder de criar e manipular campos eletromagnéticos e usar eletricidade de várias formas, contando com uma longa lista de superpoderes relacionados com a eletricidade.

Um antigo atleta Olímpico e professor, Jefferson Pierce virou um super-herói quando um dos seus alunos foi assassinado por um grupo criminoso. Raio Negro dedicou-se a proteger os habitantes da frágil comunidade de Beco do Suicídio e a eliminar as ameaças criminosas, especialmente focados na luta contra o tráfico de droga. É também membro da Liga da Justiça e dos Renegados.
4. Misty Knight

Uma personagem que encarna os anos 70 americanos, Misty Knight marcou pela diferença com sua atitude e determinação. Ela foi uma policial nova-iorquina até que, durante um assalto a um banco, uma bomba explodiu e obrigou a uma amputação do seu braço direito. Ela viria a recuperar com um braço biônico construído por Tony Stark que lhe deu superforça e ânimo para mudar sua vida.

Sua grande amiga Colleen Wing foi essencial na sua recuperação e juntas criaram uma agência de investigação privada chamada Filhas do Dragão. Eram frequentes as colaborações entre elas e os Heróis de Aluguel de Luke Cage e Punho de Ferro, chegando ao ponto de Misty liderar uma nova versão desta agência.
5. Manto

Tyrone Johnson cresceu em um bairro muito pobre mas seu futuro era promissor graças ao seu sucesso na escola. Mas ele sofria de um problema de fala que se viria a revelar trágico, e lhe roubaria o seu melhor amigo quando a polícia confundiu Billy com um ladrão.

Sentindo-se responsável pela morte de Billy e temendo a polícia, Tyrone fugiu para Nova Iorque onde virou sem-teto. Foi nessa cidade que ele conheceu Tandy Bowen, uma adolescente rica que tinha fugido de casa, e rapidamente ficaram amigos. Ambos se tornaram vítimas de um cientista criminoso quando foram cobaias forçadas de uma nova droga sintética, da qual conseguiram escapar com poderes.

Tyrone viu seu corpo transformado em escuridão pura e em um portal para a Dimensão Negra. Ele também consegue manipular a energia da Dimensão Negra, usando-a para se tornar intangível, absorver a energia vital de inimigos e enviá-los para esse mundo de escuridão. Tyrone adotou o nome de Manto e Tandy passou a ser Adaga e juntos protegem crianças e adolescentes de criminosos, em uma luta incessante contra o mundo da droga.
 
6. Cyborg

Um dos super-heróis mais icônicos da DC Comics, um dos fundadores da Liga da Justiça e um famoso membro dos Jovens Titãs. Victor Stone nunca sonhou ser um super-herói mas uma invasão alienígena abriu o seu caminho para o heroísmo, ironicamente quando ele ficou severamente ferido.

Atingido por um raio energético que quase desfez todo seu corpo, Victor foi salvo pelo seu pai, que reconstruiu o filho com componentes cibernéticos. Ele renasceu como meio-homem, meio-máquina, algo que o afeta profundamente e faz Cyborg temer a perda de toda a sua humanidade.

Mas com um organismo cibernético, o adolescente descobriu as suas novas capacidades e poderes incríveis. Os implantes tecnológicos deram-lhe uma superforça tremenda, o seu corpo robótico dá a ele uma elevada resistência a dano, os seus braços podem ser reconfigurados para se transformarem em armas variadas, e consegue voar.

Além destes poderes, Cyborg consegue se comunicar e manipular com quase todas as formas de tecnologia, dando-lhe acesso a vasta informação e a possibilidade de interceptar os sistemas inimigos."(https://www.aficionados.com.br)

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Supernatural: Jeffrey Morgan e seu Amor por Jared Padalecki e Jensen Ackles

Com este episódio,13x9 - "The Bad Place", tem-se início ao hiatus, férias, que retorna em 18/1/2018. E então, até a confirmação da 14ª temporada as especulações sobre o fim da Série invadirão a web. Aliás, já está rolando uma entrevista, de abril de 2016, em que Jared e Jensen falam sobre como eles imaginam o que acontecerá com Sam e Dean e os comentários são os mais diversos. Eu prefiro não especular e esperar...

A notícia que quebrou a web na semana passada foi "Danneel Ackles, a esposa de Jensen Ackles (Dean Winchester), entrou para o elenco da 13ª temporada de Supernatural.  A informação é da Variety. A atriz, conhecida por One Tree Hill e Friends with Benefits, terá papel recorrente como a Sister Jo, descrita como "uma renomada curandeira da fé cujo o bom trabalho atrai a atenção de alguém muito, muito ruim: Lúcifer (Mark Pellegrino)." A personagem será introduzida em "Devil's Bargain", 13º episódio."
Vamos aguardar o episódio onde a belíssima Danneel Ackles irá aparecer e ver qual a reação do fandom. Aproveito para informar que durante o hiatus, não postarei nada nas quintas- feira a não ser que seja relevante.  

O ator Jeffrey Dean Morgan/John Winchester não vê a hora de reencontrar seus amados filhos e quem sabe até sua Mary. Ele comenta isso em todas as convenções e o fandom aguarda esse momento com ansiedade; a amizade e amor dele por Jared e Jensen deixou a telinha e alcançou a vida real.

"Durante um evento com fãs da série Supernatural, o ator Jeffrey Dean Morgan, que interpretou John Winchester, pai de Sam e Dean, disse querer muito voltar para o seriado.

“A produção e eu conversamos sobre esse retorno o tempo todo e estou pedindo por isso há anos. Eu realmente espero que o John retorne em algum momento e que o Sam e o Dean possam encerrar suas histórias com ele, acho que o público também merece ver isso”.
Os fãs de Supernatural são a favor dessa possibilidade, mas agora é esperar a produção do seriado resolver se traz o pai dos Winchesters de volta  ou não. Como a série já teve vários casos de personagens que morrem e depois voltam, a ida de John para o inferno não é um empecilho para que ele volte."





quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Motivos para Assistir Fear The Walking Dead

Séries é o que não falta para começar uma maratona, e enquanto The Walking Dead está em hiatus, que tal conhecer um spin off? É sempre divertido assistir novas versões e ver como os zumbis estão sendo desenvolvidos.
"1. Origem do Apocalipse Zumbi

Para quem é fã de The Walking Dead, o spin-off funciona como um acesso a informações do início do apocalipse. Ainda não ficou bem explicado como a epidemia começou, mas os espectadores puderam criar novas teorias. De qualquer forma, é importante destacar: não há correlação entre as duas histórias.

2. Dramas Familiares

 A história é centrada principalmente em relações familiares. O apocalipse morto-vivo está ali, mas as tramas não são atropeladas por hordas de zumbis a todo momento. É uma série mais intensa e que foca na construção emocional dos personagens.

3. Outro Contexto

 O estado em Fear... é a Califórnia, diferente de TWD, que se passa na Geórgia. Mas não é só isso: a ida do grupo de sobreviventes para um barco dá fôlego à nova trama. Mesmo quem é expert na história anterior de Robert Kirkman não sabe como o enredo se desenvolverá nesse novo local. Zumbis podem nadar, por exemplo?

4. Novos Mistérios

 Os personagens principais de Fear... parecem cheios de mistérios. Destaque para Daniel Salazar (Rubén Blades), Victor Strand (Colman Domingo) e Madison Clark (Kim Dickens), que enchem de dúvidas as cabeças dos fãs a cada episódio. Se você quer dar uma de detetive, acompanhar Fear... é uma boa opção. A série abre espaço para desenvolver aspectos profundos dos personagens."(https://gauchazh.clicrbs.com.br/)


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Descoberto Ossos de Pterossauros na China

Mais uma descoberta da paleontologia agitou a comunidade científica na semana passada. Foram descobertos mais de 300 ovos de pterossauros numa região da China. Quando você assiste o filme o Parque dos Dinossauros, aparecem aqueles répteis enormes planando em busca de alimentos. E o que era apenas ficção torna-se realidade e quanto mais soubermos sobre eles melhor para entendermos nosso passado.

 "O Museu Nacional, no Rio de Janeiro, apresentou hoje (30/11/2017) os detalhes de uma descoberta na China de centenas de restos de ossos de pterossauros e mais de 300 ovos, alguns deles com embriões preservados. O achado envolveu cientistas brasileiros e chineses. Um estudo sobre o assunto será publicado na edição que começa a circular amanhã (1º) da revista Science, uma das mais conceituadas publicações de divulgação científica do mundo.

De acordo com o paleontólogo brasileiro Alexander Kellner, a descoberta ocorreu em expedições realizadas em 2015 e 2016 na região de Hami, no noroeste da China. Encontrou-se no local a maior concentração de ovos de vertebrados extintos conhecida até então. Eles estavam em um bloco de pouco mais de 3 metros quadrados. "É uma das mais importantes descobertas sobre vertebrados extintos nos últimos 10 anos", avaliou Kellner.

Os pterossauros são répteis voadores. Foram os primeiros animais vertebrados a desenvolverem a capacidade de voo ativo, antes mesmo das aves. Parentes próximos dos dinossauros, eles desapareceram sem deixar descendentes há cerca de 66 milhões de anos, no período geológico conhecido como Cretáceo.

Já foram descobertas no mundo cerca de 300 espécies de pterossauros, distribuídas em todos os continentes. A espécie encontrada na China recebeu o nome de Hamipterus tianshanensis. Na posição quadrúpede, ela teria uma altura média de 1,2 metros e seu tamanho máximo seria alcançado após dois anos de nascimento. A envergadura da asa variava entre 1,5 e 3,5 metros. Pelo formato dos dentes, os pesquisadores acreditam que eles eram carnívoros e se alimentavam de peixes.

Concentrações expressivas de ossos de pterossauros já haviam sido encontradas na Argentina e no Brasil, mas sem grande volume de ovos. Juliana Sayão, professora da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e também integrante da equipe da pesquisa, destaca achados na bacia do Araripe, que alcança três estados do Nordeste: Ceará, Pernambuco e Piauí. "Lá já foram feitas descobertas de mais de duas dezenas de espécies pterossauros. A última delas foi pelo nosso grupo de pesquisa há três anos".


 A ciência ainda reúne um conhecimento limitado sobre os pterossauros, sobretudo pela dificuldade em encontrar fósseis preservados. Seus ossos, muito finos e delicados, são extremamente frágeis. Os ovos são de casca mole, diferente da maioria das aves e mais semelhante aos de cobras e lagartos. "Eles não quebram, eles deformam", afirma Kellner.

Até então, só haviam sido encontrados nove ovos em todo o mundo - na China e na Argentina -, sendo três deles com embriões, mas todos amassados e compactados. Neste novo achado, além da surpreendente descoberta de mais de 200 ovos, foram encontrados de forma inédita 16 embriões com ossos preservados em três dimensões.

Análises de tomografia computadorizada nos fósseis mostraram que, nestes pterossauros recém-nascidos, os membros vinculados ao voo ainda não estavam bem ossificados. "Isso demonstra que, quando essas animais nasciam, eles poderiam andar, mas possivelmente não poderiam voar. Essa é uma informação inédita. E isso implica no cuidado parental. Ou seja, os pterossauros recém-nascidos, pelo menos nessa espécie, precisavam de algum acompanhamento dos pais para sobreviverem", explica Kellner.

O pesquisador também destaca que os fósseis foram encontrados dispostos em oito camadas, numa altura de 2,2 metros. Cada camada representa um tempo diferente na escala de anos. "O que estamos observando é que eles faziam colônias de nidificação, ou seja, várias fêmeas iam para o mesmo lugar colocar seus ovos. Os achados também indicam que eles retornavam sazonalmente a essas mesmas áreas. Eram locais propícios para a procriação".(agenciabrasil.ebc.com.br)

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Heróis Negros nas HQs

As férias estão se aproximando, então vamos dar uma pausa dos assuntos mais sérios e curtir os mais leves. É claro que como Historiadora não dá para esquecer a História, mas postarei sem compromisso...Eu sempre fico pasma quando ouço alguém dizer que nunca leu uma Hq, o que para os nerds/geeks é um anátema, então, que tal conhecer alguns heróis negros? Alguns deles já viraram filmes de sucesso como:
 
"Pantera Negra

Criado por Jack Kirby e Stan Lee em 1966, Pantera Negra é um personagem marcante na história dos quadrinhos por ser considerado o primeiro super-herói negro.

Embora já existissem heróis negros como Lion Man em 1945 (da extinta All-Negro Comics, uma editora exclusivamente com artistas e escritores negros) ou Gabriel Jones do Comando Selvagem de Nick Fury, estes eram personagens heroicos sem superpoderes.

Pantera Negra foi assim inovador ao apresentar um super-herói negro com poderes extraordinários. O seu nome verdadeiro é T’Challa e Pantera Negra é o título concedido ao rei da nação africana de Wakanda, um reino ultra-avançado tecnologicamente.

T’Challa é um líder excepcional, um guerreiro feroz e uma das pessoas mais inteligentes do planeta. Os seus superpoderes são atribuídos a uma erva mágica em forma de coração que deve ser ingerida por todos os futuros reis de Wakanda. Esta poção mística criou uma ligação entre T’Challa e o Deus Pantera, que elevou todos os sentidos e atributos físicos do rei a níveis sobre-humanos.
Tempestade

Tempestade é uma das mais famosas personagens negras do mundo dos quadrinhos, e uma super-heroína com uma das histórias e personalidade mais complexas do mídia. Mesmo antes de descobrir que era mutante, Ororo já tinha um legado familiar impressionante: ela é descendente de uma linha de sacerdotisas africanas.

Graças aos seus poderes mutantes, Ororo já foi venerada como deusa da chuva por várias tribos africanas. Mas o altruísmo falou mais alto e Tempestade largou o papel de divindade. Ela decidiu usar seus poderes para o bem de toda a humanidade e assim se juntou aos X-Men, tornado-se o primeiro membro afro-americano do grupo.

Ororo viria a tornar-se uma das melhores líderes dos X-Men e já foi rainha de Wakanda ao lado do seu marido T’Challa. O seu poder mutante é a manipulação do clima, conseguindo facilmente fazer chover, nevar, criar nevoeiro, trovoada e furacões, entre vários outros fenômenos meteorológicos.
 
Super Choque

Super Choque foi criado em 1993 por Dwayne McDuffie e John Paul Leon mas foi com a série animada dos anos 2000 que o herói se tornou realmente popular. Super Choque era Virgil Hawkins, um adolescente nerd que adorava quadrinhos quando uma catástrofe transformou sua vida para sempre.

Da noite para o dia, Virgil ganha superpoderes eletromagnéticos e adota o nome de Super Choque. Ele possui os superpoderes de absorver, gerar e manipular energia eletromagnética que pode usar como ataque (lançando raios das suas mãos, por exemplo) ou como defesa através da criação de escudos protetores.

Virgil continua a defender a sua cidade de criminosos mas também faz parte dos Jovens Titãs.
Luke Cage

O homem da pele inquebrável é cada vez mais famoso graças à parceria Marvel / Netflix. Mas a sua criação data de 1972, em Luke Cage, Hero For Hire #1 uma HQ que fez história nos quadrinhos: ele foi o primeiro super-herói negro a estrelar na sua HQ.

Foi também nas páginas de Luke Cage que, pela primeira vez, existiu a representação das tensões políticas da comunidade negra nos Estados Unidos da América. Este era um super-herói que lidava com políticos corruptos, gangues com vasto poder e influência e policiais tão ou mais criminosos como aqueles que perseguiam nas ruas.

Este icônico personagem começou como Carl Lucas, um jovem que foi preso injustamente apesar de ser inocente. Na prisão, ele foi submetido a experimentos científicos (sabotados por um guarda preconceituoso) que acabaram por lhe dar superforça e pele inquebrável. Quando ele escapou da prisão, adotou o nome de Luke Cage e usou os poderes para se tornar um herói de aluguel.
 Vixen

Mari McCabe é uma super-heroína africana que também já teve uma carreira como modelo internacional. Os seus superpoderes têm uma origem divina e surgem através da sua ligação a um artefacto sobrenatural: o Tantu Totem. Este objeto mágico foi dado aos seus antepassados pelo deus africano Anansi, e tem a capacidade de fazer Vixen usar as habilidades de qualquer animal que quiser.

Com o Tantu Totem, Mari consegue invocar a velocidade de um leopardo, a força de um urso, e voar como uma águia. O reino animal e a sua imaginação são tudo o que precisa para se transformar na feroz Vixen, Ela já trabalhou em missões solo mas pertence à Liga da Justiça Internacional e já fez parte do Esquadrão Suicida.
 Blade

Blade é um dos heróis mais badass de todo o universo dos quadrinhos. Sua vida começou de forma bizarra e trágica quando, durante o parto, sua mãe foi mordida fatalmente por um vampiro que se fez passar por médico.

Este ato cruel transformou o sangue do bebê, passando para a sua corrente sanguínea enzimas que o tornaram imune a mordidas de vampiros, uma sensibilidade única para o mundo sobrenatural e uma resistência ao envelhecimento.

Foi assim que o então bebê Eric Brooks se transformaria em um dhampir, um ser que foi tocado pelo vampirismo mas não convertido, algo normalmente conhecido por ser meio-vampiro. Eric cresceu com um ódio profundo por vampiros e a sua missão de vida se tornou a erradicação desta espécie. Muitos anos mais tarde, o caçador de vampiros se tornaria naquilo que mais odeia quando foi mordido por Morbius, um vampiro diferente da sua espécie.

Blade ganhou muitos dos poderes tradicionais dos vampiros sem sofrer com as suas fraquezas. Isso significa que a luz solar não o afeta e possui força, sentidos e estamina acima de um humano e ainda fator de cura acelerado."(https://www.aficionados.com.br)

domingo, 3 de dezembro de 2017

George Lucas: Uma Vida - Livro

 Domingão sem sol, aliás tem chovido praticamente todos os dias, nublado e com previsão de mais chuvas. Dia perfeito para assistir um filme, série ou começar um novo livro. 

Por incrível que pareça em pleno Séc. XXI, ainda tem gente que nunca assistiu ou leu qualquer coisa sobre o cineasta George Lucas. E desconhecer esse "mito", significa que nunca assistiu Star Wars e consequentemente o vilão mais famoso da história: Darth Vader. Também desconhecem a princesa Léa, rebelde e líder da resistência galáctica, ou Han Solo o mais charmoso herói das estrelas ou Luke Skywalker o jedi que se encantou pelo lado negro da Força.

E para quem não curte a Série Supernatural, saiba que Eric Kripke criou Sam Winchester baseado em Luke e seu irmão Dean Winchester em Han Solo. Mente e Coração ligados para salvar o mundo das coisas que se escondem nas trevas.!

"Em 25 de maio de 1977, um filme de ficção científica independente, que enfrentava diversos problemas e tinha um alto orçamento, estreou em apenas 32 cinemas americanos. Idealizado, escrito e dirigido pelo, até então, pouco conhecido George Lucas, a produção, originalmente intitulada Star Wars, rapidamente gerou filas que se estendiam por quarteirões, bateu recordes de bilheteria e deu início a uma nova maneira de produzir, vender e comercializar filmes.
 

Como se Star Wars já não tivesse sido impactante o suficiente, George Lucas também foi responsável por consolidar outra franquia de filmes blockbuster com Indiana Jones, transformando completamente o universo dos efeitos especiais e sonoros.
 

Brian Jay Jones conta em detalhes a incrível trajetória do homem que criou Darth Vader, Han Solo e Indiana Jones. Em George Lucas: Uma vida, os companheiros, familiares e concorrentes de Lucas oferecem um fascinante olhar da história de vida do cineasta, passando pela infância na cidade de Modesto, seus sucessos e fracassos profissionais, a criação de um império cinematográfico independente e a rotina no rancho Skywalker".

sábado, 2 de dezembro de 2017

E já é Dezembro...

Finalmente, chegou o mês de Dezembro. O mais aguardado, com as comidas mais deliciosas, o mais colorido, o mais sensível e religioso de todos.

"Em dezembro, todo o mundo se transforma. Parece que viramos super-heróis da vida. Em dezembro, temos três, quatro, dez vezes mais coisas para serem feitas, num período de tempo muito menor (dezembro tem, sempre, menos dias "úteis" do que os outros meses). No entanto, conseguimos fazer tudo, ou quase tudo. Ou, pelo menos, muito mais do que fazemos normalmente em outros meses.

Porque existem grandes e pequenas tarefas que precisam ser concluídas ainda neste ano (em dezembro). Coisas que não podem ficar para o ano que vem.

Em dezembro, vivemos intensamente a vida real e o sonho. De um lado, temos contas a pagar, cobranças a realizar, Cartões de Natal para fazer, presentes para comprar, árvore natalinas, presépios, enfeites, jantar de fim de ano da empresa, compromissos da escola, festas de encerramento de todas as turmas...

De outro lado, temos a vida que sonhamos permanentemente, com a qual, em dezembro, sonhamos mais. Porque dezembro é tempo de pensar no ano que se aproxima. E precisamos encontrar tempo para pensar na vida. Lembrar as coisas que foram feitas, as coisas que deixaram de ser feitas. Aquilo que queríamos fazer e não fizemos. Pensar nas pessoas e em nossa relação com elas.

O interessante é que não fazemos isso por motivos religiosos ou por força de campanhas publicitárias. É de nossa própria natureza esse processo anual de renovação. E é sempre em dezembro. Fazemos varredura mental, buscando, às vezes, sem precisão cronológica exata, os fatos e as pessoas que passaram por nossa vida ao longo do ano.

Lembramos dezembro do ano passado, o que fazíamos e o que sonhávamos.
É preciso fazer os planos para o ano que vem. É preciso fazer promessas. É preciso alimentar sonhos antigos, criar alguns sonhos novos. Existem compromissos que queremos assumir, porque eles, de alguma forma, vão nos manter de pé ao longo dos meses, até chegar outro dezembro. E existem coisas que precisam ser esquecidas. Em dezembro, "enterramos" as coisas e as pessoas que "morreram" durante o ano (só em dezembro nos convencemos de que elas realmente se foram).

Em dezembro, abrimos nossos corações para coisas novas, para a vida nova que se aproxima.

Enfim é em Dezembro, apesar de tão pouco tempo, que nós conseguimos fazer tanta coisa. Em dezembro, e não em março ou abril (na Páscoa), é que vivemos o verdadeiro renascimento individual e coletivo. Por isso, eu sempre gostei de dezembro. Sempre gostei do Natal. Sempre gostei dessa sensação fantástica de renascer a cada fim de ano."(www.forumdaconstrucao.com.br/)

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Dia Mundial de Combate à AIDS

Os primeiros casos de Aids foram descobertos nos Estados Unidos, Haiti e África Central em 1977 e 1978, mas só foram classificados como a Síndrome em 1982, quando se compreendeu melhor a doença. No Brasil, o primeiro caso foi diagnosticado em São Paulo, em 1980.

E passados mais de 30(trinta) anos do surgimento da chamada "doença gay", ela está retornando e com índices assustadores entre os adolescentes e jovens. Hoje, é um dia muito importante para realizar reflexões sobre o perigo que ronda nossas "crianças", e que por incrível que pareça não estamos vendo nenhuma movimentação na web para deixá-la apenas como uma triste lembrança do Séc. XX.

"O vírus da imunodeficiência humana é o causador da Aids, que ataca o sistema imunológico e derruba o sistema de defesa do organismo.

No Brasil, a epidemia de HIV/Aids é considerada estabilizada, mas vem avançando entre os mais jovens.

Na última década, o índice de contágio mais que dobrou entre jovens de 15 a 19 anos, passando de 2,8 casos por 100 mil habitantes para 5,8 casos.

Também aumentou na faixa etária entre 20 a 24 anos, chegando a 21,8 casos a cada 100 mil habitantes.

"Isso mostra que nossa população jovem está mais vulnerável ao HIV e precisa acessar mais conhecimento e os serviços de saúde para se testar", afirma a infectologista Brenda Hoagland, pesquisadora do Laboratório de Pesquisa Clínica em DST e AIDS do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz).

"Como a nova geração não assistiu à epidemia quando o HIV ainda não tinha tratamento, é possível que não tenha uma percepção sobre a gravidade do HIV, o que aumenta nossa responsabilidade de informar sobre sobre riscos e prevenção", acrescenta ela.
Atualmente, cerca de 827 mil pessoas vivem com o HIV no país, e aproximadamente 112 mil brasileiros têm o vírus, mas não o sabem.

O tratamento contínuo ao HIV pode controlar a doença, garantir a sobrevida dos infectados e tornar o vírus indetectável (o que equivale a prevenir a transmissão com uma segurança de 96%). Mas não pode curá-la. O teste rápido costuma detectar a infecção cerca de 15 dias após o contágio.

As campanhas costumam focar no uso da camisinha como método de prevenção, mas é essencial conhecer também a proteção disponível para casos de relação de risco desprotegidas, frisa Brenda - a chamada profilaxia pós-exposição, ou PEP, um conjunto de medicamentos contra o HIV que devem ser ingeridos por 28 dias no período imediatamente após o possível contágio.

"Se uma pessoa teve uma relação sexual desprotegida em que suspeite de risco para o HIV, ela deve procurar um serviço de saúde até no máximo 72 horas após a relação. Ou seja, se a camisinha rompeu ou deixou de ser usada, a pessoa pode buscar o atendimento numa emergência e o serviço é gratuito", ressalta a infectologista, acrescentando que quanto mais cedo se inicia o tratamento dentro dessas 72 horas, maiores suas chances de eficácia."( www.bbc.com)