domingo, 30 de outubro de 2016

Deuses Celtas

A Civilização Celta, 6.500 a.C., nos legou conhecimentos importantes, tanto quanto outras Civilizações da Antiguidade, entretanto, pelo fato dela ainda estar sendo "descoberta" pela História e Arqueologia muita coisa fica sem muitas explicações.

Quando se trata da Mitologia Celta, que é muito mais antiga que a de outros povos, muitas informações desencontradas chegam até nós. Como se dividiam em várias tribos independentes, os celtas também acabaram cultuando muitas lendas e deuses diferentes em cada região da Europa em que se espalhavam.

"SUCELLUS

Às vezes descrito como o rei dos deuses, Sucellus representa a fertilidade e carrega um grande martelo de cabo longo. Ele usa o poderoso martelo para golpear a terra, despertando as plantas e convocando o início da primavera – época do plantio.

TARANIS

Muito adorado no mundo celta, é o deus do trovão, que sempre atravessa o céu em uma carruagem. Os relâmpagos são as faíscas produzidas pelos cascos dos cavalos, enquanto o som do trovão é o barulho das rodas da carruagem de Taranis

CERNUNNOS

Um dos mais antigos deuses celtas, Cernunnos tem orelhas e chifres de um cervo. É o senhor dos animais, sendo muitas vezes representado ao lado deles, alimentando-os. Ele tem o poder da mutação, podendo aparecer na forma de cobra, lobo ou cervo.
 Dea Matrona Epona Belenus
DEA MATRONA

Espécie de “deusa mãe” para os celtas continentais, é freqüentemente representada como três mulheres carregando diferentes itens – como um peixe ou uma cesta de frutas. O três é um número sagrado para os celtas.

EPONA

A deusa da terra quase sempre aparece junto a um cavalo. O vigor e a força do animal simbolizam o poder e a fertilidade da terra. Arqueólogos acreditam que figuras de cavalos brancos entalhadas em cavernas européias eram dedicadas a Epona.

BELENUS

Os celtas têm diversos deuses da luz e do fogo batizados com a palavra bel, “brilhante” na língua deles – além de Belenus, Beletucadrus, por exemplo. Os celtas vêem esses deuses como uma só entidade, por possuírem funções e atributos parecidos."(Revista Mundo Estranho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário