segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Viggo Mortensen e a Polêmica do Filme O Hobbit

Depois de tantos anos, ainda existe a polêmica de que Viggo Mortensen, Aragorn, recusou reprisar seu papel em O Hobbit. De acordo com o livro ele estaria com 10 anos e Arwen que ele conheceria aos 20 anos, nasceu em 241 da 3ª Era do Sol, ou seja, ela estava com mais de 100 anos.

Em uma recente entrevista ao Independant ele finalmente conta o que realmente aconteceu, o que para os fãs seria maravilhoso vê-lo ser educado pelo Senhor Elrond, pai de sua amada Arwen.

"O Hobbit entrou em pré-produção na década passada, no já longínquo ano de 2008. O último longa da trilogia, A Batalha dos Cinco Exércitos, chegou aos cinemas em dezembro de 2014. 

E ainda há fatos desconhecidos sobre a franquia. O mais recente deles foi desvendado por Viggo Mortensen. Ele surpreendeu ao revelar que o grande herói da trilogia O Senhor dos Anéis, Aragorn, foi cogitado em seu prelúdio.

"Eu fui consultado nos estágios iniciais por um produtor", disse o ator dinamarquês, desmentindo a versão oficial de que sempre Aragorn nunca estaria em O Hobbit. E por um motivo óbvio: "Eu disse a ele: '[Aragon] não está no livro. Isso foi 60 anos antes. Ele era uma criança'. Ele seguiu 'Sim, podemos tomar certas liberdades', e eu disse que esperaria ansioso por ler   aquilo e, se ele fosse reaparecer, eu adoraria revivê-lo", revelou Mortensen.

Caso você esteja pensando que tanto tempo antes dos eventos de O Senhor dos Anéis, Aragorn não teria nem nascido, eu digo que sim, teria. Ele tinha 10 anos. Seguinte: a obra de J.R.R. Tolkien segue uma lógica etária muito própria. 

Os personagens envelhecem fisicamente de forma muito mais lenta. Tanto que Aragorn lidera a Sociedade do Anel com 87 anos (nos livros, não são 60, mas 77 anos de diferença entre as obras). E com a mesma vitalidade e aparência de um homem de, no máximo, 40 e poucos anos — como Viggo Mortensen demonstrou na adaptação cinematográfica.

O ator, aliás, termina esclarecendo mais uma coisa: "Depois eu ouvi, não sei se é verdade, que eles conversaram com outros atores para interpretá-lo. Eu esperei ouvir [o convite], nunca ouvi. Então, eu apenas deduzi que eles não levariam aquela liberdade adiante", finalizou o ator, em entrevista ao Independent."(www.adorocinema.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário